Interior Design em Londres: Guia para Encontrar Inspiração na Cidade

Interior Design em Londres: onde encontrar as concept stores mais arrojadas, os showrooms com as peças de mobiliário certas para casa e as ruas com os melhores segredos de decoração? Reunimos os principais pontos num guia obrigatório para encontrar inspiração numa das cidades mais vibrantes do Europa.

Onde ficar?

The Ned pertence à cadeira de hóteis Soho House e inspira-se no trabalho do arquiteto Sir Edwin Lutyens. O edifício foi construído nos anos 20 do século passado, oferece mais de 250 quartos, piscina interior e exterior, spa, 10 restaurantes e espaços para organização de eventos.

A decoração recria o ambientes dos anos 20, com a sofisticação a destacar-se como grande elemento. A madeira é um dos materiais mais utilizados assim como os estofos e os jogos de luz.

the-ned-hotel-where-to-stay-london-interior-design-london-interiors-soho-house-1

Batty Langley é a representação perfeita de um hotel que sabe a casa. Cada espaço combina têxteis nobres com antiquidades que roubam todas as atenções. O humor é um dos detalhes mais populares deste hotel.

Chiltern Firehouse é um dos espaços mais acolhedores em Londres. Integrado na primeira estação de incêndio construída na capital britânica, o edifício regista uma procura acentuada ao longo de todo o ano. As casas-de-banho em mármore, as lareiras e a cozinha aberta 24 horas tornam este hotel num sítio especial para amantes de espaços com personalidade e íntimos.

Laslett combina arte contemporânea com antiguidades, têxteis e mobiliário ousado. O bar é um dos locais obrigatórios.

Leia também: 11 Camas para Quartos Arrojados e Modernos

Onde comer?

Wolseley: localizado numa das praças mais populares de Londres, a Piccadilly Circus, o restaurante-bar Wolseley é um dos mais respeitos da capital britânica. Inspirado na tradição europeia, este espaço comercial combina design intemporal e comida irrepreensível.

Os pub’s fazem parte da história do Reino Unido. Thomas Cubitt é um dos mais populares em Londres. Simples e elegante, divide-se entre o pub, o átrio, a sala de jantar e a sala de estar. Os espaços amplos, as janelas de madeira e a lareira são pontos icónicos.

Bob Bob Ricard: desenhado e decorado pelo designer de interiores David Collins, transmite luxo, sofisticação e detalhe. As diferentes salas de jantar atraem visitantes diariamente, com a combinação entre menus e detalhes britânicos e russos.

Sketch: para os amantes de cor-de-rosa, este é o sítio obrigatório para um cocktail de final de dia ou um jantar animado. O estilo parisiente invade cada recanto, das paredes ao mobiliário.

O que visitar?

Cloth House: para os amantes de têxteis, este é o sítio a visitar. A variedade de tecidos encanta todos os que visitam a loja, com destaque para o segmento vintage.

New Craftsmen: pode encontrar num único espaço peças produzidas por mais de 100 artesãos britânicos, desde mobiliário a iluminação e têxteis.

New-Craftsmen-interiores-british-craft-furnishings-lighting-home-decor-london

James Smith & Sonsse está à procura de peças originais, esta é a loja certa. Desde peças de decoração a iluminação, cerâmica e joalharia, tem um leque variado de possibilidade. Este espaço presta homenagem à herança de produção manual britânica.

Soaneespecializada em peças para decoração, Soana é sinónimo de tradição e inclui tecidos, papel de parede e estofo.

Aproveite para ler: 10 Projetos de Design de Interiores e Decoração para se Inspirar

House of Toogood: Faye e Erica Toogood são os nomes responsáveis pela House of Toogood. Moda, mobiliário e peças de decoração são as três áreas de destaque da marca.

Lassco Brunswick Houseespelhos, mobiliário, iluminação, entre outros.

Daunt Books Marylebone: Uma das livrarias mais bonitas de Londres, com um catálogo vasto e eclético.

O que explorar?

Somerset House: polo criativo, com centenas de criativos, instalações artísticas, exposições e uma pista de gelo (durante o Inverno).

Dennis Severs’ House: um mundo interativo de imaginação. Esta é a melhor descrição para conhecer o espaço criado pelo artista Dennis Severs. O projeto recria a casa de uma família protestante ligada à produção de seda do séxulo XVIII até ao séxulo XX.

V&A: o principal museu de arte e design do mundo tem morada em Londres.  A coleção permanente inclui mais de 2 milhões de produtos referentes a cinco mil anos de criatividade humana. Arquitetura, moda, mobiliário, têxtil, escultura, vidro e joalharia são algumas das áreas artísticas representadas.

Chelsea Harbour Design Centre: para encontrar o melhor em design e decoração, este é o local obrigatório não só em Londres como no continente europeu. Considerado o destino por excelência do design, reúne tudo o que deve saber sobre decoração e design. É uma plataforma criativa e comercial e revela uma dinâmica particularmente intensa na indústria do design de interiores em Londres. É a casa de mais de 120 showrooms e 600 marcas de luxo.

Interior Design em Londres: Guia para Encontrar Inspiração na Cidade

Aproveite o guia para descobrir Londres. Se for em Outubro, visite o nossos stand, na Decorex, entre os dias 6 e 9.